segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Mercado informal na internet


A aldeia global em que vivemos tem como protagonista a internet. Grande facilitadora e responsável pela globalização, a mesma se divide favorecendo a comunicação em varios setores.
Existe hoje um mercado eletrônico informal, que se expande cada vez mais. Estes profissionais apresentam seus produtos em redes sociais como Orkut, blog, facebook. Este setor é uma forma de driblar o pagamento de impostos e encargos trabalhistas, deixando o produto mais barato. Esta forma de comprar tem se tornado cada vez mais natural para o brasileiro, o que nos EUA já é um hábito antigo, pois, os americanos estão acostumados a comprar por catalogo. No Brasil tem apresentado grande retorno financeiro, fazendo com que a inclusão digital se torne cada vez mais atraente.

Hoje, é quase uma obrigação que lojistas físicos apresentem-se virtualmente. Acontece que muitos profissionais estão ganhando o mercado sem nem ao menos possuírem um local físico.
Bruna Alves tem 20 anos e admite comprar regularmente pela internet. Além de sites conhecidos como o mercado livre, a estudante também aposta nos produtos divulgados em redes sociais. “Comecei a consumir o que uma amiga vendia pelo seu Orkut, hoje compro de varias pessoas que vendem pelo Orkut e facebook, mesmo sem nunca tê-las visto.”

A comerciante Juliana Amaral possui uma pagina no Orkut, onde divulga roupas e pratas de sua grife Rainha da Floresta. Há um ano a jovem apresenta sua marca apenas em rede social. O perfil que atinge mais de noventa pessoas, fornece através de fotos as roupas e acessórios a venda.
Para conquistar a credibilidade do público Juliana mantém a página sempre atualizada, oferecendo novidades. Para ela manter um bom relacionamento com quem visita sua rede é fundamental, dialogar e esclarecer possíveis dúvidas com rapidez também é uma arma muito poderosa.
A anunciante afirma que os benefícios deste tipo de negócio são inúmeros. “Além da isenção de impostos e taxas a facilidade de manuseio, no meu caso do Orkut, também ajuda muito, pois eu mesma quem anexo novos dados em segundos. O público, em sua maioria jovem, tem acreditado cada vez mais neste novo comércio. Mesmo consumindo com freqüência, estes clientes tem exigências e procuram sondar estes nichos antes de finalizar um pedido".

A alta rotatividade de produtos acompanhada da atualização constante, tem tornado este consumo cada vez mais atraente. Para quem gosta de passear pela passarela das vitrines todos os dias esta é uma oportunidade que garante diversidade e comodidade.