quarta-feira, 24 de julho de 2013


“O que você faz em vida ecoa na eternidade”? Aham. Legal. Mas hoje eu estou mais pra “eu não sou piedoso” mesmo.  

 (Mani Jardim)


Pode ser cafona, piegas, enfim, pode ser mil coisas...Mas dentro dessas – mil coisas – também é AMOR e é BELO! 
(Mani Jardim)

Despretensiosamente bom!


Às vezes a inspiração vem nos visitar D E S P R E T E N S I O S A M E N T E ! E como eu gosto das coisas despretensiosas. Elas têm um gostinho tímido de liquidação de coletânea do ídolo por um precinho camarada. Quando não estamos esperando e "de repente" somos surpreendidos com uma oferta indispensável da qual contaremos até que o dia termine, exibindo um sorriso rasgado e dizendo "você viu só que sorte a minha". Pois é... é mesmo muito bom. Você resolve levantar a cabeça e olhar para o céu e lá está ela: cadente e linda, caindo só pra você fazer um pedido.  As conquistas despretensiosas são mesmo uma delícia!

(Mani Jardim)

Sorria!

"Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso." 

(Gabriel García Márquez)