quarta-feira, 12 de agosto de 2015

...






»» Debaixo desse céu de ideias. Dessa poluição de anseios. Existe um mar que tudo traz e tudo leva. Na correnteza do tempo nada permanece. Tudo flui. Tudo vai e tudo vem. Abre os braços, fecha os olhos e respira fundo. Que a onda que bate no peito traz o salgado saboroso da vida. Se joga, se molha e deixa o sol torar! ««


(Mani Jardim - trecho de A Fresta de Minha Fossa Abissal)